A União Libanesa Cultural Mundial sediada no prédio do Ministério de Exterior do Líbano é o órgão representativo oficial da Diáspora Libanesa. A União Libanesa da Diáspora é sua filial em São Paulo.    A União Libanesa da Diáspora é uma Associação Brasileira que agrega líderes e membros da Comunidade Libanesa no Brasil com sede em São Paulo.

A trajetória dos DJ´s libaneses e o show do Alok no Rio de Janeiro

Logo mais, às 20h do sábado dia 28/08/2023, acontecerá o “show do século em Copacabana” e vai ocupar as areias da famosa praia, com público previsto de 1 milhão de pessoas. O evento celebrará os 100 anos do icônico hotel Copacabana Palace com o show do DJ Alok. De origens libanesas, Alok Achkar Peres Petrillo, 43 anos, nascido em Goiânia, estado de Goiás, é um DJ (disc jockey) e produtor musical brasileiro, mais conhecido por seu sucesso mundial de 2016 “Hear Me Now”. Em 2021, foi eleito o 4º melhor DJ do mundo pela revista britânica DJ Mag.

A música eletrônica tem suas origens nas décadas de 1960 e 1970, com o desenvolvimento de sintetizadores e equipamentos eletrônicos que permitiram aos artistas explorar novas possibilidades sonoras. Ao longo do tempo, evoluiu de formas simples de música eletrônica experimental para uma influente e diversificada cena global. Dentro da música eletrônica, encontram-se estilos como “techno”, “house”, “trance”, “drum and bass”, “dubstep”, “ambient”, “IDM” (Intelligent Dance Music), entre muitos outros. Nos últimos anos, a música eletrônica ganhou ainda mais popularidade, influenciando a música “mainstream” e colaborando com diversos outros gêneros musicais.

Nesse contexto, a cena da música eletrônica no Líbano tem se destacado rapidamente na última década, especialmente entre os jovens, e com o aparecimento de muitos “DJs” autodidatas e de origem humilde, mas que são reconhecidos na Europa e nos países da região. Entre os muitos DJs libaneses, destacamos o lendário DJ Rodge – Roger Saad ‘Rodge’ e que abriu grandes eventos e shows para artistas mundialmente famosos como Jason Derulo, Chris Brown, Justin Bieber, Ed Sheeran e outros.

Outros DJs libaneses são: DJ Kayy, de Batroun; DJ e produtor Jack Sleiman, que configurou batidas para artistas conhecidos como Karl Wolf, Sean Kingston, Skales e muitos outros; DJ Liliane Chlela, dando a vez para a participação feminina na cena e reconhecida por seus sons distintos e experimentais; Destaque também para DJ Madi Karimeh (Madi K) que está há mais de uma década no cenário da música eletrônica, e que entusiasma as multidões em Trípoli e Beirute, sendo que suas postagens se tornaram virais nas redes sociais;

DJ MadJam, (Ahmad Ajam) que ajudou a desenvolver a cena club em Beirute e Dubai; DJ DNK (Dimitri Khneisser), especialista em hip-hop e RnB; e DJ Edrien, especializado em hip hop e R&B. Com uma base sólida de fãs e uma constante evolução sonora, a música eletrônica continua a ser uma força inovadora e impactante no cenário musical global.

Consulado Geral do Líbano no Rio de Janeiro.

 

Deixe seus comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar essas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>