União Libanesa da Diáspora afiliada à União Libanesa Cultural Mundial.   secretaria@uniaolibanesa.net.br

Daoud Yacoub – Orgulho dele

Tema: Chegada no País

Periodo: De 1946 até 1960

Pais: Líbano

Cidade ou vilarejo: Jdeide Akkar

Tipos de arquivo: Fotos

Família: Yacoub - Yakub - Jacob - Yakoub - Jacó

O meu pai (a esquerda) me dizia que em Trípoli aprendeu o ofício de alfaiate com os russos e de confeccionar sapatos com armênios. Na foto abaixo, ele é o de terno escuro ao lado do meu tio, na véspera da partida para o Brasil. Ao fundo o famoso hotel São Jorge. Os ternos e os sapatos foram confeccionados por ele.

Daoud Yacoub – Quem publica é o filho dele, Dr. Cecin Daoud Yacoub. – Ao lado dele é meu tio William Sallum, irmão da minha mãe. Faleceu recentemente.

Dr. Assad Frangieh: Esse hotel foi construído em 1932 ou 1933. Era cartão postal para quem saia migrando do Líbano pelo Porto de Beirute em direçao a Marselha na França e de lá para o Mundo….. Esta foto é mais do que romântica. É uma história contada da imigração dos anos quarenta e cinquenta.

Na foto, Daoud carregando a Marie (irmã mais velha) e a mãe Helena Sallum com a Ivete

@Cecin Seu pai assina o documento brasileiro em árabe. A escrita Daoud e Elias saem perfeitas e lindas escritas. A escrita Yaacoub é tremida no final e sai da linha. Pode ser coincidência ou não mas isso reflete um estado de espírito de felicidade quando os imigrantes assinavam seus documentos de identidade brasileira. Eu já percebi isso em mais de um documento, inclusive do meu pai.