União Libanesa da Diáspora afiliada à União Libanesa Cultural Mundial.   secretaria@uniaolibanesa.net.br

Goldman Sacks: Credores do Líbano podem perder 75% do valor de seus crediários

Segundo a Goldman Sacks, “Os investidores e credores no Líbano podem perder 75% de seus investimentos se o novo governo zerar suas perdas e começar a implementar reformas sérias abrindo a porta para o financiamento do FMI.”  Segundo o relatório desta semana, o Banco destacou que “o voto de confiança do Parlamento para o Governo de Miqati na última segunda-feira (dia 20/09) representa o primeiro passo de um estreito caminho para a recuperação da economia libanesa repleto de dificuldades e riscos.”

“Perante tais expectativas do banco de liquidação da dívida, incluindo a melhoria do valor da moeda libanesa para 8.000 libras contra o dólar médio de cerca de 14.500 L.L. no mercado paralelo, bem como as taxas negativas de crescimento e outros indicadores de ajuste das finanças públicas e à luz destas premissas e restrições, chegamos a estimativa de valor nominal de 75%”, disse a agência Goldman Sachs. “A dívida é de US $ 70 bilhões, em comparação com os US $ 13 bilhões de reservas do Banco Central “. Assim o programa do Fundo Monetário Internacional  (FMI) é essencial para o Líbano e uma negociação rápida, são condições importantes para se entender com os credores afim de uma solução final de quitação dessas dívidas”

Deixe seus comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar essas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>