União Libanesa da Diáspora afiliada à União Libanesa Cultural Mundial.   secretaria@uniaolibanesa.net.br

Michel Temer – Advogado, Professor, Escritor, Secretário, Deputado e Presidente da República

Michel Temer nasceu em 23 de setembro de 1940 em Tietê, interior do estado de São Paulo, e foi criado em um ambiente rural. Filho de Nakhoul “Miguel” Elias Temer Lulia e Marchi Barbar Lulia, é o mais jovem de oito irmãos. Embora originários de um vilarejo de religião predominante greco-ortodoxa, a família Temer professava o credo maronita em comunhão com a Igreja Católica Apostólica Romana.

Seus pais e três irmãos mais velhos deixaram Betabura (Btaaboura), distrito de Koura, no norte do Grande Líbano, em 1925, e mudaram-se para o Brasil para fugirem dos problemas do pós-Primeira Guerra Mundial. No novo país, seu pai comprou uma chácara em Tietê e instalou uma máquina de beneficiamento de arroz e café, que rapidamente possibilitou a ascensão econômica da família. Os costumes da região originária de sua família sempre estiveram presentes em sua vida. Temer não domina a língua árabe, mas consegue compreender o assunto de uma conversa nesse idioma. No decorrer de sua vida, visitou duas vezes a cidade natal de seus pais; a principal rua de Btaaboura chamava-se “Michel Tamer, vice-presidente do Brasil. A partir do Impeachment de Dilma Rousseff passou-se a chamar Michel Temer, presidente do Brasil.

O primeiro cargo político assumido por Temer ocorreu em decorrência de um convite feito pelo então governador de São Paulo, Franco Montoro (1983-1987), assumindo a Procuradoria Geral do Estado. Já em 1984, Temer foi empossado secretário da pasta de Segurança Pública do Estado. Neste cargo, ele tomou duas importantes decisões: a criação da primeira Delegacia da Mulher do País e a instauração da Delegacia de Proteção aos Direitos Autorais. Em 1986, Temer deixou a Secretaria para concorrer às eleições como deputado federal pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Vencedor do pleito, Temer conseguiu se tornar deputado federal, posto político que ocupou por cinco mandatos consecutivos. Porém, em 1992 voltou a assumir a Secretaria Pública. Nos anos de 1997, 1999 e 2009 foi elevado à categoria de presidente da câmara, chegando a ocupar a cadeira de presidente da República de forma interina entre 27 e 31 de janeiro de 1998 e em 15 de junho de 1999.

Além disso, Temer foi eleito presidente nacional do PMDB em 2001 e reeleito em 2004. Já no ano de 2010, após vitória em pleito eleitoral, o doutor em direito e integrante da chapa da então eleita presidente Dilma Rousseff (PT), se consagrou como vice-presidente da República. Chapa a qual foi reeleita em 2014. Todavia, a aliança da petista com o peemedebista foi rompida quando Dilma tornou-se alvo de um processo de Impeachment. Em maio de 2016, a então presidente foi afastada do cargo pelo Senado e Temer assumiu interinamente o cargo de presidente se mostrando contrário à sua ex-aliada, posto o qual ele ocupará por até 180 dias, data máxima para a presidente afastada apresentar defesa e então ter seu Impeachment julgado em definitivo.

Deixe seus comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar essas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>