A União Libanesa Cultural Mundial sediada no prédio do Ministério de Exterior do Líbano é o órgão representativo oficial da Diáspora Libanesa. A União Libanesa da Diáspora é sua filial em São Paulo.    A União Libanesa da Diáspora é uma Associação Brasileira que agrega líderes e membros da Comunidade Libanesa no Brasil com sede em São Paulo.

Novos escritórios da União Libanesa Cultural Mundial são inaugurados em Beirute no prédio do Ministério de Exterior

Por Assad Frangieh

Por ocasião do Dia Internacional do Expatriado, o Ministro das Relações Exteriores e Emigrantes do Líbano, Dr. Abdallah Bouhabib, inaugurou os novos escritórios da União Libanesa Cultural Mundial no prédio do Ministério em Riad El-Solh, Beirute. A cerimônia de abertura contou com a presença do Presidente do Comitê de Relações Exteriores e Expatriados na Câmara dos Deputados, Deputado Dr. Fadi Alama, Presidente da União Libanesa Cultural Mundial Abbas Fawaz, Vice-Presidente Cônsul Muhammad Al-Jouzo representando o Decano do Corpo Consular Joseph Habees, ex-presidente da União Libanesa Cultural Mundial Cônsul Ramzi Haidar, primeiro vice-presidente Jihad Al-Hashem, vice-presidente Ali Nehme Nasr, vice-presidente para assuntos australianos e neozelandeses Henry Bou Saab, Secretário-Geral Adjunto Ahmed Assi, Tesoureiro Izzat Eid, Chefe do Departamento de Expatriados do Ministério das Relações Exteriores e Expatriados, Embaixador Hadi Hashem, e outros embaixadores e diplomatas do Ministério.

Pela esquerda, vice-presidente Ali Nisr, vice-presidente Jihad Al Hachem, presidente Abbas Fawaz, Ministro Abdallah Bouhabib, Consul Muhammad Al Jouzo e Embaixador Hadi Al Hashem

Após o hino nacional libanês, o ministro Bouhabib fez um discurso no qual considerou que “a vida econômica continua atualmente no Líbano graças aos expatriados, especialmente aqueles nas regiões vizinhas, Europa, África e Golfo, porque eles sempre querem voltar ao Líbano para vários motivos, e a ajuda que prestam às famílias dentro do Líbano cria uma espécie de pequeno ciclo econômico.” E se a confiança nos bancos fosse maior, esse ciclo seria maior. Ele espera que “União Libanesa Cultural Mundial contribua no futuro, não só para votar nas eleições de expatriados, mas também para ser um braço do Ministério das Relações Exteriores registrando o maior número possível de expatriados e incentivando-os a votar, e trabalhar para o sucesso das eleições.” Ele agradeceu o esforço da União Libanesa Cultural Mundial em equipar o primeiro andar do ministério o que nos economizou muito porque o prédio do Ministério foi restaurado pela República da Turquia e começou antes do terremoto, e esperamos que o trabalho de restauração seja concluído no mês de junho.”

Em seguida, Abbas Fawaz discursou no qual disse: “O Dia Internacional do Expatriado é um feriado para os expatriados e para a União Libanesa Cultural Mundial, e representa um reconhecimento do Estado sobre a importância do papel dos expatriados libaneses, principalmente no ciclo da economia nacional, e isso é motivo de orgulho para nós, porque a União Libanesa Cultural Mundial foi fundada originalmente a partir de uma visão do que ela representa.” Os expatriados são poderosos e atuantes.

Ele agradeceu ao Ministro Bouhabib na abertura dos novos escritórios da União Libanesa Cultural Mundial, “especialmente porque a União Libanesa Cultural Mundial está em todo o mundo desde seu decreto de criação durante a era do falecido Presidente General Fouad Chehab. Está sob o patrocínio contínuo do Ministério das Relações Exteriores e Emigrantes, e seus escritórios estão sempre no prédio deste honorável ministério. Com a transferência dos escritórios do ministério para a Praça Riyadh Al-Solh, os escritórios da União Libanesa Cultural Mundial também mudaram para este novo prédio, onde estamos hoje , e isto implica para nós grandes responsabilidades que damos conta do tamanho do nosso compromisso em expressar os interesses e preocupações dos expatriados no quadro do sistema básico da União Libanesa Cultural Mundial, sempre conscientes de que a União é um organismo civil, apolítico e não sectária, nossos objetivos são espalhar a mensagem civilizada do Líbano para mulheres expatriadas e trabalhar para fortalecer os laços de nosso amado país com os países da diáspora por meio das relações e amizades de homens libaneses que são respeitados e apreciados onde quer que eles são, e gozam de capacidades intelectuais e financeiras que não se esquivam de empregá-los a serviço de sua pátria, o Líbano, que é o mais precioso em sua consciência.”

Abbas Fawaz acrescentou que “a 19ª Conferência da União Libanesa Cultural Mundial, que realizamos recentemente em 10 de novembro de 2022, teve o título de reunificação e estamos sempre prontos para todos os requisitos desse título. Desejamos, nesta ocasião, anunciar novamente perante vós que estamos sempre empenhados na adesão dos expatriados libaneses (indivíduos e associações) que assim o desejarem.” Nesta ocasião, querida por nós, desejo em meu nome e em nome dos meus colegas membros do Conselho Internacional da União Libanesa Cultural Mundial sucesso permanente para todos, os expatriados libaneses e por sua elevada missão e seu papel no desenvolvimento das sociedades dos países e em nossa pátria o Líbano, e que todos nós esperamos que os expatriados continuem em permanente progresso, um patrimônio e um suporte para a pátria“, finaliza o discurso.

A União Libanesa da Diáspora coligada da União Libanesa Cultural Mundial esteve representada pelo conselheiro jurídico no Líbano Jihad Yaacoub.

Deixe seus comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar essas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>