União Libanesa da Diáspora afiliada à União Libanesa Cultural Mundial.   secretaria@uniaolibanesa.net.br

O que há em comum entre os Frangieh´s, os Miziara´s, Uberaba e a Diáspora?

Fonte: Carta do Líbano – Edição 168 – Apenas um trecho foi copiado em respeito aos direitos autorais. O resto pode ser baixado em PDF acessando o link ao lado – DOWNLOAD EDIÇÃO 168 – Agradecimento ao Fouad Naime – Editor da Revista – DOWNLOAD APENAS DA MATÉRIA RELACIONADA AO TEXTO.

Duas linhagens libanesas se encontraram e se uniram em Uberaba, no início do século passado, formando uma das grandes famílias responsáveis pelo progresso da cidade.  A partir do relato de um membro desse clã poderoso e atuante, o médico Cristiano Miziara, pode-se traçar a história dos Frange – originários de Zgharta – e dos Miziara – que adotaram o nome da cidade localizada ao norte do Líbano. Com o orgulho de mostrar a trajetória dos primeiros imigrantes libaneses, no Brasil, no final da última década do século 19 , durante o “boom” da migração, podemos dizer, com todo respeito, que pertencemos a duas famílias tradicionais e importantes no Líbano e, também, que se tornaram importantes e tradicionais aqui, pelo que fizeram ao longo de suas vidas.

Pelo lado materno, são os Frange (no Líbano, Frangieh) de Zgharta, extremamente políticos como veremos adiante. Aportando no Rio de Janeiro vieram para Uberaba onde se radicaram, formando uma grande e respeitada família. Entre seus membros, destacamos entre outros, dois expoentes que participaram ativamente, influenciando, para o bem, a história da cidade em que viviam. O primeiro, dr. Jorge Frange, ainda lembrado como um dos maiores médicos de Uberaba e, também, grande líder político que tinha o dom de equilibrar os debates com seu senso apaziguador. Seguindo a tradição familiar que veio do Líbano, de se envolver politicamente na sociedade, como seus parentes que lá ficaram e se tornaram presidente, como Sleiman Frangieh (1970-1976), deputado, como Tony Frangieh e muitos outros, foi candidato a prefeito de Uberaba, perdendo por uma pequena margem de votos, mas nunca se abateu e continuou a sua luta política e médica para o bem de seus conterrâneos até o fim da vida, ocupando outros cargos em Asilos, Santa Casa de Misericórdia, Sociedade de Medicina e Cirurgia de Uberaba, diretor do Jockey Club de Uberaba, sócio fundador da Rádio Sociedade Triângulo Mineiro, a quarta a ser fundada no país, dos Laticínios Triângulo Ltda e do Hospital Santa Rita hoje Hospital São José em 1932 e inspetor do Ensino Secundário (alto cargo no funcionalismo federal) . Teve um filho, também médico, com nome extremamente respeitado e admirado durante toda a sua vida: dr. Frederico Alonso Frange. Isso posso atestar pois convivi social e profissionalmente com ele por muitos anos. Ele, também político, foi vice-prefeito em Uberaba na década de 1980. Como mais um exemplo de político na família temos, um primo, sobrinho de dr. Jorge, chamado dr. Paulo Jesus Frange, médico, que é, pela quinta vez consecutiva, vereador na cidade de São Paulo. Imaginem, saiu de Uberaba e venceu, políticamente, na maior cidade do Brasil. Em Zgharta, por todos os lados que olhamos, vemos letreiros comerciais com o nome Frangieh, onde podemos notar que, ainda hoje, a família tem grande influência, também, no comércio.

Deixe seus comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar essas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>