A União Libanesa Cultural Mundial sediada no prédio do Ministério de Exterior do Líbano é o órgão representativo oficial da Diáspora Libanesa. A União Libanesa da Diáspora é sua filial em São Paulo.    A União Libanesa da Diáspora é uma Associação Brasileira que agrega líderes e membros da Comunidade Libanesa no Brasil com sede em São Paulo.

Você sabia que a primeira letra Alfa ou Alef do alfabeto fenício se refere ao Touro, símbolo de liderança e fertilidade?

Por Amjad Sijary – traduzido por Assad Frangieh – 

“Resta dizer que a leitura da história fenícia e da história civilizacional do Oriente em geral deve ser lida com seus símbolos, não com seus textos, e não com meia-leitura, quartos ou mesmo títulos gerais, como alguns gostam de fazer” Toufic Shouman

Letra alfa:
A primeira letra dos alfabetos, que foram derivados do alfabeto fenício cananeu, que os fenícios espalharam pelo mundo durante suas viagens e que chegaram às Américas.
– Em Fenício Ālep oleph ou alef
– Em Aramaico Alif Ālap
– Em Árabe Alif
– Em Hebraico Ālef א.
– O alfa grego (Α α) alpha, άλφα) e dele para o latim.

A lista continua. Todos os alfabetos dependem do alfabeto fenício e começam com a letra A. Qual é a história desta letra e sua origem?

– O significado fenício da palavra Alef – Ālep é touro boi e, por isso, a codificação desse som “alef” foi representada na forma de um ângulo cortado de seus lados por uma linha que leva os lados do canto ao direita e sua cabeça para a esquerda semelhante à cabeça do touro, e dela mudou-se para o grego com o mesmo nome alfa “A” e com o mesmo símbolo, mas os lados do ângulo estão voltados para baixo e dele à língua latina e suas derivadas

Mas a escolha do touro foi em vão?

O touro era um símbolo de liderança, força, fertilidade e autoridade, e um símbolo do deus El, e o deus Baal herdou o símbolo do touro de seu pai, El, o mestre dos deuses em Ugarit. Na maioria das religiões orientais, Baal era um deus da fertilidade, da tempestade e da chuva, e suas armas eram o raio e o trovão. Seu culto era conhecido na Síria em geral e entre os cananeus em particular durante o terceiro milênio a.C, e se espalhou para algumas regiões vizinhas, mas o que nos preocupa é, como eu disse, que os cananeus simbolizavam o deus maior El, e depois dele seu deus agrícola, o deus dos ventos, tempestades, clima e chuva “Baal” com o símbolo do touro, e tornou-se um símbolo. O touro é sagrado, pois é um símbolo de seu grande deus, Baal, e antes dele El. Portanto, eles escolheram ter o touro “alef” como a primeira letra de seu alfabeto.

Ainda hoje, encontramos a influência do deus Baal, o deus dos ventos, ar, tempestades e chuva, perceptível no símbolo alquímico do ar, que é um triângulo truncado como a letra A, mas o triângulo está completo. Também não sabemos se foi coincidência que o oxigênio existisse antes de ser descoberto na forma química que conhecemos hoje, pois era considerado uma substância oculta dos componentes do ar. E os espanhóis… Assim encontramos o nome grego para o gerador de acidez é oxigenus:

oxys-genes, ὀξύςγενής

Ainda hoje, estudiosos das letras em geral, e gnósticos em particular, relacionam a letra Alef com o número 1, que indica Deus, e a consideram a originadora da existência em todas as suas faculdades em seus próprios cálculos e notações relacionadas à ciência dos números, letras e seus significados esotéricos. Como resultado dos segredos que esta carta esconde, o romancista Paulo Coelho escreveu seu famoso romance intitulado “Aleph Aleph” e o título original “O Aleph” em português. O escritor que ama as ciências, os mistérios e a filosofia do Oriente escolheu este nome como título de seu famoso romance, porque esta carta contém muitos significados, ambigüidades e filosofia. Ele escreveu este romance em três semanas depois de passar quatro anos coletando seus informações para sair com simbolismo e um enredo maravilhoso durante o qual ele conta uma história mística que mergulha nos segredos da alma humana e sonda suas sutilezas.

Deixe seus comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar essas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>